Carrinho

Além de manter as mãos bonitas e saudáveis, você também deve se preocupar com os seus pés. Para evitar amarelamentos e ressecamentos é importante fazer as unhas dos pés semanalmente. Sempre te ajudando, a Merheje selecionou algumas dicas para facilitar essa tarefinha!

Aproveite o chuveiro para amolecer as unhas dos pés

Antes de começar a fazer as unhas dos pés, tome um banho. Isso mesmo, a água morna e corrente do chuveiro ajuda a amolecer as unhas, facilitando o momento de cortar, lixar e até de remover as cutículas (vamos falar mais disso em outro tópico).

Esfoliação e hidratação

Existe alguns esfoliantes e hidratantes próprios para os pés, invista nesses produtos. Sempre que decidir fazer as unhas dos pés, massageie a região com o esfoliante, enxague e passe o hidratante para evitar o ressecamento.

Todo esse processo ajuda a não deixar que as suas unhas fiquem duras, além de deixar os pés mais macios e bonitos.

Hora de cortar as unhas e retirar as cutículas.

Não quer furar a meia, não é? Então corte sempre as suas unhas. Lixe no formato quadrado e deixe elas curtas na medida certa.

Como as cutículas já estarão amolecidas por causa dos cuidados anteriores, é só seguir os passos que já ensinamos aqui de como retirá-las.

 Passe base e esmalte

A base fortalecedora ajuda a manter as suas unhas fortes e saudáveis. Para deixar os seus pés bonitinhos passe um esmalte dar cor que desejar e use algum finalizador. A região das unhas dos pés tende a borrar com mais facilidade.

Essas dicas foram úteis? Ficou mais fácil fazer as unhas dos pés em casa?

 

Continue Reading

Quem nunca passou por aquele temido momento de tirar o excesso de esmalte? Você consegue esmaltar perfeitamente, mas na hora de limpar acaba borrando. Para você não ter mais esse dilema na sua vida, trouxemos algumas dicas para você aprender a limpar as unhas sem borrar.

Fazer as unhas não é a tarefa mais fácil do mundo, mas não custa aprender alguns truques para otimizar o processo, não é mesmo?

Mantenha as unhas hidratadas

Hidratação é algo essencial para manter sempre as suas mãos e pés macios, livres de ressecamento, e é uma forma de prevenir o envelhecimento. Fora esses benefícios, o hidratante ajuda na hora de tirar o excesso de esmalte.

Quando você passa o creme hidratante nas mãos antes de esmaltar, é criada uma película protetora na pele que não deixa que o esmalte grude. Assim fica mais fácil você retirar o excesso de esmalte e com menos chances de borrar.

Limpe os cantinhos assim que esmaltar

Assim que você esmaltar uma unha, você já pode tirar o excesso ao redor. Isso não deixa que o esmalte seque, facilitando a limpeza.

A dica é você fazer essa limpeza antes mesmo de passar a segunda mão de esmalte. A tinta do esmalte seca muito rápido, então quanto antes você retirar o excesso melhor.

Vaselina é a solução

Essa é uma solução parecida com hidratante, mas você não pode passar em toda a mão. Aplique a vaselina ao redor das unhas com a ajuda de um palitinho, mas limpe qualquer resíduo que ficar na unha, se não o seu esmalte não vai fixar onde deve.

Dica extra para usar os palitinhos

A primeira dica é molhar o palito antes de pegar o algodão. Se você não fizer isso, corre o risco de acidentalmente grudar fiapos de algodão na sua unha já esmaltada.

Outra coisa é o tamanho do algodão. Você precisa de bem pouco de algodão, um filetinho, quase nada mesmo. Se colocar muito, pode acontecer do palitinho escorregar para a unha e já dá para imaginar a meleca que vai fazer.

Curtiu essas dicas para aprender a limpar as unhas sem borrar? Qual outro tema vocês querem ver no blog?

Continue Reading

Diferente do que muitas pessoas pensam, a podologia não serve apenas para deixar os pés bonitos. Esse trabalho tem como função cuidar da saúde dos pés e solucionar incômodos como calos, unhas encravadas, micose, etc. Se você decidiu seguir por essa profissão, fique atenta a algumas coisas que toda podóloga deve saber.

Podóloga não é pedicure

Existe uma afirmação errônea que “podóloga é tipo uma pedicure que oferece alguns serviços a mais”. Quem tem formação como pedicure sabe cuidar esteticamente dos pés, apenas quem cursa podologia entende de fato a resolver problemas que vão além da estética. Pense na podóloga como uma médica para os pés.

Acontece muito de algumas podólogas também oferecerem o serviço de pedicure. Agora a pedicure que não tem formação em podologia nunca deve tentar oferecer algo que não tem o domínio necessário.

 Precisa estar preparada para tudo

Além de coisas comuns como unha encravada e calo, a podóloga deve estar preparada para situações um pouco desconfortáveis. Algumas pessoas têm micose, verrugas plantares e outros problemas que podem até ser causados pela diabete.

Ajudar a identificar doenças

Unhas amareladas, pés inchados, entre outros aspectos podem indicar doenças. A podóloga deve estudar muito essa parte para diagnosticar pessoas e ajudá-las a recorrer ao médico o quanto antes. Acontece muito de alguém descobrir que tem diabete por conta da podologia.

Produtos por categoria

Na podologia se usa o termo artigo para produtos. Assim consegue saber quais devem ser usados em cada procedimento. Fora isso, fica mais fácil saber quais podem ser descartáveis e quais podem ser conservados.

Por exemplo, o bisturi é do tipo artigo crítico. Isso significa que ele entra em contato com o tecido estéril. Mesmo higienizado, a recomendação é usar sempre um bisturi novo para cada paciente.

Podóloga também ajuda a prevenir

Mesmo que alguém vá até você com o pé totalmente saudável, você pode aplicar procedimentos de prevenção. Higienização, lixamento das unhas e outras coisas que podem prevenir incômodos.

Você segue essas recomendações? Conte mais como é o seu trabalho com podologia!

Continue Reading