Você já deve ter ouvido alguém falar que tirar as cutículas é um hábito ruim. Mas será que é mesmo?

Retirar as cutículas é costume comum entre as brasileiras. Muitas preferem ficar sem essa camada protetora por questão estética, já que a cutícula pode atrapalhar na hora de esmaltar. Em outros países, as mulheres optam em hidratar as cutículas para não crescerem tanto e ficarem mais finas. Nenhuma opção é errada.

Tirar as cutículas faz realmente mal?

Tirar as cutículas é uma necessidade totalmente estética, mas não tem problema em retirá-las se isso te incomoda. Você só precisa fazer do jeito certo, ou seja, tirar a parte da cutícula sem cutucar profundamente. Outra questão é sempre optar por alicates de cutículas de qualidade e sempre lembrar de higienizá-los.

Quando a cutícula é retirada sem causar machucados e incômodos, você pode fazer sempre que achar necessário.

Aqui no blog já demos algumas dicas de como você pode tirar as cutículas facilmente e evitar qualquer machucado.

As cutículas quando retiradas crescem mais rápido?

Totalmente um mito! Quem retira toda a semana fica com a impressão que a cutícula cresce mais rápido, mas ela cresce com a mesma frequência. A cutícula tem um limite para crescer.

E quem não quer tirar a cutícula, o que faz?

Uma dica é usar a lixa polidora, ela ajuda a eliminar o excesso de cutícula sem arrancá-la.

Outra coisa é passar hidratante nas mãos diariamente e usar aqueles óleos específicos para diminuir o volume de cutículas nas unhas.

E você, prefere tirar ou não tirar as cutículas? Vamos ver qual lado vence!